Psicofármacos / Antipsicótico
Voltar | Ver bula |
Piportil

O que é e para que serve ?
O piportil é a pipotiazina, um neuroléptico do grupo das piperidinas. Sua principal indicação é o tratamento das psicoses.

Como é usado ?
Esta medicação existe como comprimidos e sob a forma injetável de depósito, ou seja, aplicação mensal que substitui a medicação oral. A forma de depósito geralmente é recomendada para pacientes que se recusam a tomar a medicação; desta maneira garante-se que o paciente está se tratando. A injeção de depósito só deve ser feita depois que o paciente usou durante algum tempo a medicação via oral e constataram-se os efeitos benéficos com baixo potencial de efeitos colaterais.

Principais efeitos colaterais
Os efeitos sobre o sistema motor como o enrijecimento muscular, a inquietação (dificuldade de ficar parado) e a vontade de ficar mexendo com as pernas, mesmo estando parado, assim como movimentos musculares (principalmente na face) são os principais efeitos colaterais.

Considerações importantes
Não pode ser usado em pacientes com Parkinson, com problemas cerebrais orgânicos ou com alergia ao piportil. Deve ser usado cautelosamente nos pacientes epiléticos. Apesar de já ter sido usado durante a gestação sem provocar problemas seu uso não é deve ser feito livremente no primeiro trimestre de gestação

Última Atualização: 24-07-2005
Ref. Bibliograf.:
Clinical Evaluation of Psychotropic Drugs 1994
Robert Prien